Software promete ‘descobrir se o seu filho é gay’

Empresa francesa se envolve em polêmica com anúncio de novo produto

Publicado em 25/08/2017
Polêmica: Software promete ‘descobrir se o seu filho é gay’

A companhia francesa Fireworld causou polêmica no país ao oferecer um "software de espionagem invisível" que poderia ser utilizado para "descobrir se o seu filho é gay". Na página de divulgação da ferramenta, a desenvolvedora sugeriu "pistas" para que os pais identificassem no comportamento de seus filhos indícios de que seriam homossexuais.

Fatos como “ter piercings”, “gostar de cantoras mulheres”, “ser cuidadoso consigo mesmo”, "ser mais interessado na leitura e no teatro do que no futebol" e "ser tímido quando criança", foram apontados pela empresa como comportamentos passíveis de suspeita dos pais em relação à sexualidade de seus filhos. 

O texto ainda afirmava que o software poderia "hackear a conta de Facebook [do seu filho]", "observar se ele visitou sites voltados ao público gay" e "espionar suas mensagens privadas".

A empresa também defendia que “a família é fundamental. É por isso que a orientação sexual de suas crianças, diretamente responsáveis pela continuação de sua família, é muito importante para você". Após ser denunciado por grupos de defesa dos direitos LGBT, o texto foi retirado do ar.

Além da homofobia, o software da Fireworld é considerado ilegal na França, já que usar recursos de espionagem sem consentimento é crime no país. A empresa veio a público afirmar que o texto em questão servia apenas para ranquear melhor a página em serviços de busca e que o material não foi feito para ser lido por pessoas de verdade.

Foto: Freepik